"It’s love, not Santa Claus."

sábado, 27 de agosto de 2011

Num dia normal



Miss, will you please give me his heart? I promise I will take better care of it than you did...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Infinito








Alguém que me faça sentir que o infinito ainda não é tempo suficiente;
Que não haja palavras que cheguem;
Que nenhum abraço consiga ser tão apertado como devia;
Que não haja competição possível;
Que não haja desafio que seja impossível;
Que não haja sonho que seja irrealista;
Que não haja objectivo inatingível;
Que não haja problema inultrapassável;
Que AMOR não seja capaz de exprimir o sentimento que nos liga.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

I walk alone


Tento ajudar-te a seguir o caminho por que optaste. Desejo que nunca chegues a sentir por mim as saudades que senti quando percebi que te tinha perdido para sempre. Que sigas por esse caminho em que entraste e que as tuas recordações de nós sejam simplesmente recordações e nunca momentos agridoces de arrependimento e certeza que farias tudo de novo, mesmo que implicasse todo o sofrimento de novo.
Comigo foi assim, sabes? Fui um estúpido cliché de alguém que só se apercebe do que tem quando já é tarde demais. Mas não houve um dia em que não o soubesse. O tempo que demorei foi a admitir para mim própria que era verdade, que mal nenhum no mundo é pior do que o mal de não te ter.
Lembro-me de viver a inocência de te dizer que depois de ti estaria estragada. Que nunca ninguém conseguiria fazer-te voar tão alto como tu fizeste, que ninguém voltaria a olhar para mim como olhavas, que nenhum beijo saberia tão doce como o teu, que nenhuma gargalhada me faria despertar como a tua... E agora procuro-te em réplicas tuas que nunca passam de réplicas.
Mas se tenho uma vontade, é que nunca sejas capaz de entender as minhas palavras, porque só depois de te ter e te perder é que entendi que o que via nos teus olhos era todo um universo. Foi como estar às portas do paraíso e não entrar porque me esqueci da chave. Mesmo depois de ma teres confiado...

Foto: Adriane

terça-feira, 19 de abril de 2011

Orgulho





Gossip Girl
Temporada 2, episódio 9

domingo, 10 de abril de 2011

Crer


E a possibilidade de continuar a acreditar no amor verdadeiro, incondicional e eterno? Acreditar que em tantos milhões de pessoas no mundo, haverá uma que nos amará exactamente como somos e a quem amaremos e protegeremos como se fizesse parte de nós... Num mundo tão grande, como podemos ver para além das aparências e descobrir que há esse alguém que será capaz de nos fazer rir até nos momentos mais duros, capaz de nos fazer sentir como se valessemos algo no mundo quando a insegurança se apodera dos nossos corações?
Podemos sempre sonhar. Sentir saudades de alguém que ainda não encontramos mas que desde sempre conhecemos. E enquanto assim for, o amor continua a ser muito mais do que uma crença de criança.

Foto: Carla Salgueiro

Seguidores